BERTAZZONI

BERTAZZONI - Tradição de 135 anos em fogões.

AA

Cozinhar é uma arte e a Itália possui uma das maiores tradições gastronômicas do mundo. A Bertazzoni nasceu em uma região da Itália famosa por sua culinária e engenharia de precisão, a Emilia Romagna. Sua vasta experiência culináriam e o uso de avançados designs e tecnologias de ponta proporcionaram à Bertazzoni alcançar um elevado sucesso junto aos amantes da gastronomia.

A marca Bertazzoni tornou-se famosa no início dos anos de 1900 com seus refinados fogões a lenha. Entretanto a história da Bertazzoni remonta ao século XIX na época do império Austro-Húngaro. Francesco Bertazzoni o fundador desta dinastia iniciou em 1882 a fabricação de balanças para laticínios, escritórios e farmácias de sua cidade natal Guastalla. Ela se localiza a nordeste de Parma próxima ao rio Po na região da Emilia Romagna. A construção da estrada de ferro de Parma a Suzzara conectou a cidade com os centros industriais do norte e do leste do império. E através desta estrada de ferro chegaram a região os primeiros fogões a lenha provenientes da Austria.

Desde aquela época a Emilia Romagna é o centro da culinária italiana e aqueles fogões a lenha instigaram a imaginação de Francesco Bertazzoni. Alguns anos antes do fim do século XIX ele e seu filho Antonio decidiram fabricar seus próprios fogões a lenha em pequenas quantidades, apenas para uso pessoal da família.

Esta iniciativa foi o início de uma história de sucesso. Em 1906 os fogões participaram da Exibição Internacional de Milão os quais conferiram uma medalha de bronze a Antonio Bertazzoni. Três anos depois eles foram expostos na Feira de Negócios de Florença onde foram premiados com o troféu de honra e medalha de ouro. A Bertazzoni se tornava assim uma marca reconhecida bem antes do início da primeira guerra mundial

Antonio passou a coordenar os negócios auxiliado pelos filhos Ettore, Attilio, Napoleone e Arturo. Após sua morte foram eles que construíram a primeira fábrica da Bertazzoni próximo da estação de trens de Guastala em 1908. Este empreendimento foi financiado pela esposa de Napoleone, Angela Bonfanti, filha de um fabricante de queijos da cidade de Novellara, que emprestou 10.000 liras aos irmãos Bertazzoni, um vultuoso montante naquela época.

Um novo capítulo na história da Bertazzoni se iniciou em 1959-60 com as primeiras exportações para os países do mediterrâneo, Bélgica, Suíça e Portugal. No final da década de 1960 a marca Bertazzoni expandia sua atuação nos países do oriente médio, Filipinas e Singapura.

Grandes unidades de fabricação foram construídas na década de 90 na Itália dando continuidade à sua expansão. Hoje são aplicadas avançadas técnicas de fabricação, utilizadas na indústria automobilística, que permitem a especialização e diferenciação em produtos necessária para fornecer eletrodomésticos de alta performance.

Apesar de toda a modernidade e atuação global a Bertazzoni não se esquece que suas raízes estão nas tradições da cultura e culinária italianas, sendo a marca com a mais longa experiência na arte de cozinhar no mundo.

Vídeos

Confira outros produtos
Veja também nossas outras marcas